AVELUZ

Aveloz (Euphorbia tirucalii – Euphorbiaceae

Categorias: ,

Descrição

Espécie arbustiva, suculenta, lactescente, praticamente áfila, originária da África central e austral. Conhecida também como pau-pelado, cega-olho, labirinto, homem-nu, graveto-do-diabo, cachorro-pelado, árvore-lápis, árvore-de-são-sebastião, cassoneira, coral, coral-de-são-sebastião, dedo-do-diabo, dente-de-cão, espinho-de-judeu, espinho-italiano, pau-sobre-pau, pau-liso, mata-verrtugas, pinheirinho. Produz seiva branca, de sabor acre, tóxica e cáustica.

Principais componentes bioativos: ésteres de forbol, 4-desoxiforbol, taraxerano, tirucalol, alfaeuforbol, euforginol, α-amirina, lanosterol, cicloartenol, tirucalicina, ciclotirucanenol, lupeol, euforcinol, isobutirato.

Principais ações farmacológicas: larvicida, moluscicida, bactericida, anti-herpética, anti-artritica, antioxidante, citotóxica, inibidora do tumor ascítico de Ehrlich,

Uso popular: usado para tratar cancros, excrescências, sífilis, tumores, epitelioma, sarcoma, melanoma, dor-de-ouvido, parasitas, verrugas, picada de escorpião e de cobras, reumatismo, neuralgia, asma e distúrbios gástricos. Utilizado como anti-helmíntico, antissifilítico, rubefaciente, antirreumático e antitumoral.

Toxicologia: A seiva é extremamente corrosiva e tóxica. O uso interno é altamente desaconselhável. Em contato com a pele causa queimaduras graves; em contato com os olhos pode causar dor intensa e cegueira temporária de até sete dias. Se ingerida, pode causar queimadura na boca, lábios e língua. A ingestão do látex ou de preparados feitos a partir da seiva  pode causar náuseas, vômitos, diarreia e até gerar tumores malignos. O Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas adverte que o contato da seiva leitosa com a pele e mucosa causa lesões. Além disso, pode ocorrer edema de lábios, boca e língua, dor em queimação e coceira. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão; a ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarreia

Outros usos:

  • A seiva pode ser utilizada na produção de gasolina, oferecendo um rendimento de 10 a 50 barris por hectare.
  • A planta pode ser utilizada em paisagismo e cerca-viva.
  • A seiva da planta pode ser utilizada na produção de gomas e borracha natural.
  • Indicada para a recuperação de áreas degradadas e solos áridos.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “AVELUZ”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Perguntas e respostas dos clientes

Não há nenhuma pergunta ainda, seja o primeiro a perguntar para este produto.

error: Conteúdo protegido!
1
Olá,
Como podemos ajudá-lo?
Powered by