Plantas para um futuro (Plants for a future) são espécies vegetais que estão sendo prospectadas, inventariadas, identificadas e estudadas à luz da ciência com o objetivo de se avaliar o seu potencial de uso pela humanidade. Neste particular, destacam-se as plantas bioativas, que são espécies vegetais com propriedades terapêuticas, funcionais, condimenticêuticas, cosmecêuticas, pré-bióticas, edulcorantes, aromáticas, bio-repelente e/ou biocida. Correspondem ao maior grupo de espécies úteis ao homem, grande parte delas ainda desconhecidas quimicamente pela ciência, mas com um grande potencial de uso doméstico, comercial e industrial.

Entre as espécies de futuro destacam-se a camarinha (Gaylussacia brasiliensis) – parente próximo do mirtilo. A espécie é encontrada na forma silvestre em áreas de restinga de SC.  A espécie contém ericolina, antocianinas, aglicona, gailussacina (estilbeno), ácidos málico, kínico e cítrico, frutose, pectina e tanino. É diurética, antioxidante, antitumoral, anti-ateroma e adstringente. Comem-se os frutos in natura, com leite ou açúcar. Indicados para escorbuto, disenteria, e drenagens urinárias. Frutos e raízes, macerados em gim, é excelente diurético (hidropisia e litíase). Uma decocção das folhas ou casca da raiz é adstringente, e pode ser usada em diarréia, ou como uma aplicação local para úlceras, leucorréia, e ulcerações da boca e garganta (Foto 1).

Foto 1. Frutos maturos de Camarinha.

Algumas espécies de futuro já são realidade não apenas pelo consumo, mas também pela produção em Santa Catarina, tais como a Moringa oleifera, Pereskia aculeata var. aculeata, Helianthus tuberosus e Hibiscus cannabinus.

Porém, muitissimas outras espécies merecem ser conhecidas pelos brasileiros por suas propriedades bioativas excepcionais. Destacamos algumas:

  • Dokudami – Houttuynia cordata (Foto 2)
  • Capiá – Dorstenia brasiliensis (Foto 3)
  • Capim-limão-miúdo – Elionurus muticus (Foto 4)
  • Casca-danta – Drymis winterianum (Foto 5)
  • Alecrim-da-praia – Baccharis alliena (Foto 6)
  • Pimenteiras-do-mato – Piper spp. (Foto 7)
  • Poejo-serrano – Cunila galioides (Foto 8)
  • Erva-de-touro – Poiretia grandiflora (Foto 9)
  • Resveratrol – Reynotria japonica (Foto 10)
  • Gotu kola – Centella asiatica (Foto 11)
  • Creem – Tropaeolum pentaphyllum (Foto 12)
  • Erva-da-imortalidade – Gynostemma pentaphyllum (Foto 13)
  • Erva-de-sal – Sarcocornia perennis (Foto 14)
  • Jasmim-de-cobra – Rhinacanthus nasutus (Foto 15)
  • Folha-doce – Phylla dulcis (Foto 16)
  • Ginseng-salada – Talinum triangulare (Foto 17)
  • Palma-doce – Nopalea cochonilensis

Foto 2. Dokudami

Foto 3. Capiá

Foto 3. Capiá

Foto 4. Capim-limão-miúdo

Foto 5. Casca-dánta

Foto 6. Alecrim-da-praia

Foto 7. Pimenteira-do-mato

Foto 8. Poejo-serrano

Foto 9. Erva-de-touro

Foto 10. Resveratrol

Foto 11. Gotu kola

Foto 12. Creem

Foto 13. Erva-da-imortalidade

Foto 14. Sal-verde

Foto 15. Jasmim-de-cobra

Foto 16. Folha-doce

Foto 17. Ginseng-salada

Foto 18. Palma-doce

Quer conhecer mais espécies de plantas bioativas, tirar suas dúvidas e aprofundar seu conhecimento sobre cada espécie de seu interesse. Venha nos visitar, qualquer dia da semana, mediante agendamento prévio! Mais informações (47) 9 9273 8319.

 

 

Compartilhar
error: Conteúdo protegido!
1
Olá,
Como podemos ajudá-lo?
Powered by